Receba nossas atualizações por e-mail:

Do estacionamento de um prédio em Salvador para Miami, CleanNew avança a fronteira.

Por Fernanda Mendonça.


Especializada em blindagem de estofados, rede já tem confirmadas inaugurações na Colômbia, EUA e Espanha e traça, agora, expansão para toda a Europa


Foram sucessivas reviravoltas na vida de Fritz Paixão até chegar em Miami. Um primeiro negócio frustrante, um sonho de vida interrompido, mudanças de estados e um realinhamento de propósitos. O resultado desse caminhar é hoje uma empresa que faz sucesso no Brasil e já tem confirmada para os próximos cinco meses 12 novas operações nos EUA, Colômbia e Espanha, além de mais oito no segundo semestre. A CleanNew, maior empresa de higienização e blindagem de estofados da América Latina, fundada em Salvador, Bahia, conquistou uma clientela fiel e famosa nos veículos de comunicação, que propiciou o rápido crescimento da rede e uma rentabilidade sólida; ingredientes fundamentais para a consolidação de um processo de expansão internacional que deve intensificar a presença nos EUA, toda a Europa e chegar ao Oriente Médio.


O sucesso dessa empreitada, que começou em 2015, deve-se a dois fatores: o tino para os negócios e o desenvolvimento de um método de trabalho altamente eficaz de higienização, com o uso de lâmpadas nano UV, que desintegra o DNA de ácaros, bactérias e alguns tipos de vírus, e impermeabilização, patenteado pela marca com o nome de blindagem, capaz de aumentar em até três vezes a vida útil do estofado. Com uma técnica exclusiva e produto de ponta, os serviços da CleanNew logo conquistaram os soteropolitanos e brasileiros. Para dar conta do rápido crescimento da demanda, Fritz abriu filiais e convidou alguns amigos para assumir as operações. O passo seguinte, em março de 2016, apenas nove meses após a abertura oficial da empresa, foi formatar o negócio para o sistema de franquias e passar a investir numa expansão ordenada e mais estruturada.


Em uma ascensão surpreendente, já no primeiro ano da rede foram comercializadas 24 franquias e registrado um faturamento de R$ 2,5 milhões, um crescimento de 3000% se comparado a 2015. Em março de 2019, com 28 unidades, deu início à expansão internacional, com negociações por meio do franchising em Bogotá, na Colômbia, e Buenos Aires, na Argentina, além de viabilizar a primeira unidade própria em solo norte americano, em Miami, nos EUA. De maneira até orgânica, foi além nos meses seguintes e, agora, para 2021, já tem confirmada a abertura de franquias em Orlando e Boca Raton, nos EUA, Barranquilla, Cali e Medellín, na Colômbia, e em Madri, Maiorca e Barcelona, na Espanha. Já em solo brasileiro, atualmente a rede conta com 38 unidades, e, para 2021, pretende fechar o ano com mais 12 e um faturamento de R$ 25 milhões, um crescimento de 25% se comparado a 2020.


Das intempéries ao prodígio

Natural de Salvador e formado em fisioterapia, Fritz Paixão deu os primeiros passos no empreendedorismo com um negócio de piscicultura, prática que se refere ao cultivo de peixes em açudes ou represas. Com a expectativa de lucratividade rápida, investiu com mais dois sócios um alto valor no negócio, mas logo o viu esvair literalmente rio abaixo quando a companhia hidrelétrica da região precisou abrir as comportas para amenizar os efeitos da enchente causada pelas chuvas e os peixes morrerem nos tanques. Desanimado com o cenário e sem motivação para seguir na área em que tinha se graduado, Fritz resolveu apostar num sonho antigo: ser ator.


Fritz Paixão


Planejou e mudou para o Rio de Janeiro, onde estudou teatro e fez cursos para apresentador. Inquieto, começou a desenvolver programas para TV e apresentar às emissoras, quando conquistou uma vaga de apresentador no Multishow. Com o trabalho e a visibilidade, conheceu muitos artistas, uma vantagem que, lá na frente, seria determinante para o sucesso do futuro negócio. Com um ano de casa, foi desligado e, em viagem para Salvador, precisou estender a visita por questões médicas, já que, na época, a mãe havia se lesionado e precisava de cuidados. De volta à Bahia, foi convidado para apresentar um programa de sorteio de prêmios na televisão e, três anos depois, novamente sem emprego, visualizou um novo potencial de negócio: lavagem automotiva em condomínios residenciais.


A prática era bem comum no Rio de Janeiro, mas totalmente nova em Salvador. O entrave inicial -abertura com o administrativo dos condomínios para permissão do serviço no período noturno- logo foi superado e o caminho destravado para uma demanda que viria ser cada vez mais crescente. Com um investimento inicial de R$ 3.500,00 em equipamentos e produtos de limpeza, apostou junto com um sócio no negócio e logo se pulverizaram em diversos condomínios da elite soteropolitana. E se Fritz higienizava carros, para muitos clientes ele também era capaz de higienizar sofás e estofados; foi dessa procura, então, que o empreendedor percebeu o potencial deste novo nicho. Aos poucos, conciliando os serviços, vislumbrou o futuro de uma única jornada e, em junho de 2015, já dissociado do sócio, formatou um novo negócio e lançou a CleanNew, especializada em higienização de estofados.

O que veio na sequência foi o rápido crescimento do negócio, parcerias comerciais com os famosos que propiciaram um market share sólido em Salvador e todo país, com consequente expansão do modelo de negócio através de franquias. Formatado para atender sem necessidade de infraestrutura física e um investimento inicial de R$ 65 mil, incluso equipamentos, taxa de franquia e capital de giro, a CleanNew logo registrou números surpreendentes no já primeiro ano de operação. Hoje, presente em 22 estados brasileiros e quatro países, a aposta é crescer também no mercado internacional por meio de master franqueados, investidores com permissão de explorar a operação em determinada territorialidade.