top of page

Receba nossas atualizações por e-mail:

Em três meses de operação no Brasil, a edtech BYJU'S FutureSchool ultrapassa 4,5 mil alunos

Por Renata Soares.


Edtech mais valiosa do mundo cresce a uma taxa de 70% ao mês no País


Em pouco tempo de operação no Brasil, a BYJU’S FutureSchool, maior edtech do mundo em educação interativa online, tem muito a comemorar. Com menos de seis meses de operação, a edtech tem registrado mais de 15 mil aulas agendadas por semana e o ritmo acelerado de expansão se traduz em outras cifras impressionantes: já são mais de 4,5 mil alunos matriculados de 6 a 15 anos, espalhados por todo Brasil em aulas à distância e individuais ou em pequenos grupos, respeitando o ritmo de aprendizagem de cada um.


O momento se reflete também no tamanho da equipe, que já conta com cerca de 400 colaboradores Além disso, a empresa já estabeleceu parcerias com cerca de 500 professoras. Desde que desembarcou no Brasil, o conteúdo disponibilizado tem como objetivo fazer com que jovens e crianças cultivem a criatividade e o pensamento crítico por meio da aprendizagem de programação.


“Sabíamos do imenso potencial do mercado brasileiro, mas ainda assim tivemos nossa expectativa superada. Isso demonstra o crescente entendimento de que é preciso formar crianças para o futuro e, para isso, é preciso desenvolver habilidades que vão além do currículo escolar tradicional. Queremos impactar cada vez mais pessoas com essa visão e, por isso, estamos atuando em diversas frentes”, resume Fernando Prado, Country Manager da BYJU’S FutureSchool no Brasil.

A empresa anuncia agora o lançamento do curso "Crie com Música". O conteúdo é focado nos jovens que querem aprender a tocar violão e piano/teclado e os módulos são divididos por habilidades (iniciante, intermediário e avançado). Seguindo a metodologia da plataforma, todas as aulas são ao vivo e individuais, como forma de proporcionar uma melhor interação entre professor e aluno. As primeiras interações são introdutórias ao universo da música e, após a quarta aula, começam os exercícios práticos, já com os instrumentos.


No próximo ano a edtech irá oferecer também outras disciplinas que trazem um impacto importante na formação das crianças por desenvolver habilidades como criatividade, raciocínio lógico e concentração. Os cursos têm, em média, duração de 18 meses, e incluem uma aula experimental gratuita para que pais e alunos possam ter contato com a metodologia única da BYJU’S FutureSchool, customizada de acordo com o ritmo de aprendizagem da criança e sua disponibilidade de agenda.


Para somar ao momento, a empresa passa a contar com um quiosque de vendas no shopping Cidade Jardim, para que as famílias possam ter um contato mais próximo com a proposta da edtech.


Atualmente, a educação é uma das maiores indústrias do mundo e corresponde a mais de 6% do PIB global. No Brasil, o setor é um dos que mais cresce, sendo fortemente impactado pelas startups de educação. De acordo com a Associação Brasileira de Startups (Abstartups), as edtechs já são o maior segmento de startups no País, representando 17,3% do total, com 566 do tipo empresas ativas. Dessas, 58,7% estão localizadas na Região Sudeste, sendo 37,8% no Estado de São Paulo.


Experiência de interação com a marca

Com o objetivo de promover uma experiência diferenciada e imersiva para pais, crianças e adolescentes e até professores com a marca, todos que passarem pelo Shopping Cidade Jardim terão a oportunidade de interagir com games e apps criados por alunos da BYJU’S FutureSchool de diversos lugares do mundo, e, desta forma vivenciar o que podem aprender na prática com a plataforma. Além disso, o quiosque é um teste de um novo modelo de negócio da Companhia, que, até então, tinha 100% das vendas realizadas de forma online.


“Queremos estabelecer a marca BYJU’S no Brasil e colocar no radar dos pais como uma opção extracurricular capaz de desenvolver habilidades que capacitem seus filhos para que lidem melhor com os desafios do presente e do futuro. Por este motivo, decidimos investir fortemente em ações que de fato mostrem que a tecnologia tem muito a oferecer positivamente”, completa Fernando.

Sobre a BYJU’S Future School

A BYJU'S Future School é uma plataforma de educação interativa, que, no Brasil oferece aulas de programação e música com uma metodologia desenvolvida especialmente para crianças e adolescentes dos 6 aos 15 anos, em que os alunos terão a possibilidade de interagir com professores capacitados, em aulas individuais ou em pequenos grupos. Muito além de ensinar lógica de programação para as crianças, a BYJU’S FutureSchool tem como objetivo fazer com que seus alunos aprimorem o raciocínio lógico e desenvolvam habilidades complementares que os capacitem a lidar com os desafios do presente e do futuro.

A empresa é parte da BYJU’S, a edtech mais valiosa do mundo, e que possui mais de 100 milhões de alunos e 6,5 Milhões de assinaturas anuais pagas. Em 2021 a BYJU’S FutureSchool expandiu sua presença global, e além de Índia e Estados Unidos, passou a atuar também em novos mercados como Brasil, México, Indonésia, Reino Unido, Austrália e Nova Zelândia.

71 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page