Receba nossas atualizações por e-mail:

Energy Brasil mira 600 franquias em 2021

Por Leonardo Guariso.


Rede irá lançar novos modelos de negócio e manter a forte expansão nacional para residências, comércio e propriedades rurais


A Energy Brasil, maior rede de energia solar do país com mais de 400 franquias, anuncia a meta de alcançar 600 unidades em 2021. Para isso, a rede irá lançar novos modelos de negócio e manter a expansão nacional de painéis fotovoltaicos para residências, comércio e propriedades rurais.

“Trata-se de um mercado extremamente promissor. Em 2020, em nosso terceiro ano de franchising, e em plena pandemia, inauguramos mais de 200 franquias”, comenta Marcelo Macri, sócio-diretor da Energy Brasil.

O crescimento da Energy Brasil acompanhou o do setor. Em 2020, a geração de energia fotovoltaica cresceu 58% segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). Além disso, o preço de instalação dos painéis solares caiu 90% na última década, o que motivou o aumento desses equipamentos.


“Nossos modelos de negócios atendem cidades a partir de 30 mil habitantes”, explica Túlio Fonseca, sócio-fundador Energy Brasil.

Atualmente, a Energy Brasil oferece três modelos de franquia. No Home, o franqueado tem seu próprio negócio dentro de casa. Já no Store, o investidor possui uma estrutura física padronizada e a identidade visual da marca em uma loja exclusiva da Energy Brasil. Há ainda o modelo Store in Store, no qual o lojista adapta seu comércio para comercializar os produtos e a mão de obra Energy Brasil.

Em junho, a Energy Brasil começará a operar também com o modelo container, uma das novidades da marca para este primeiro semestre.


“O tamanho será menor em comparação com a loja, o que facilita sua instalação em grandes centros”, diz Macri.

Dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF) apontam alta no faturamento do segmento Casa e Construção no último ano. Aliás, foi o que mais cresceu: 12,8%, um montante equivalente a R$ 12,4 bilhões.

História de sucesso

Apesar da pandemia, 2020 também conta com histórias positivas no franchising. A franqueada Morgana Rohden abriu sua primeira unidade em Braço Norte, no sul de Santa Catarina, durante o seu período de gestação. “Ser mãe é maravilhoso, mas não é a única coisa que eu posso ser como mulher. Decidi batalhar por meus sonhos, pensando em ter, também, um objetivo profissional”, afirmou.

Hoje, cerca de um ano depois da abertura da franquia, Morgana tem muito o que comemorar. Mesmo em home office, devido às restrições para abertura de comércios no seu município, as vendas da sua loja passaram de R$ 1 milhão, entre kits de instalação de energia solar e mão de obra.


“Eu e meu marido já estamos em processo de abertura da nossa segunda unidade, em Criciúma”, completa.
100 visualizações0 comentário