top of page

Receba nossas atualizações por e-mail:

Pesquisa mapeia as tendências que devem transformar o mercado nos próximos anos

Por Adriana David.


Embedded Finance, Metaverso e Criptomoedas, entre outras inovações, marcam presença entre as prioridades dos negócios


A FIS® (NYSE: FIS), líder global de tecnologia financeira e meios de pagamento, com presença em 146 países, divulgou nesta semana o estudo “The Global Innovation Report 2023”. O levantamento traz um panorama sobre como as novas tecnologias estão transformando mundos virtuais em realidade e redefinindo os modelos de negócios tradicionais.


Segundo Anderson Lucas, Vice Presidente de Negócios da FIS para a América Latina, o estudo oferece ao mercado um cenário sobre as novas tecnologias e como elas poderão auxiliar no crescimento de empresas dos mais variados segmentos.


Embedded Finance, DeFi, metaverso, ESG e criptomoedas estão se desenvolvendo de forma muito rápida, e as empresas que fizerem as escolhas certas para o uso de novas tecnologias dominarão os mercados do futuro”, comenta o executivo.

A pesquisa também aborda como clientes e investidores enxergam a presença da inovação na fronteira entre tecnologia e finanças. Assuntos como ativos tokenizados, criptomoedas, Metaverso, pagamentos em tempo real, Inteligência Artificial e processos robóticos vem se tornando parte do desenvolvimento dos planejamentos de negócio das empresas.


No Brasil, o estudo aponta que mais de três quartos dos entrevistados acreditam que grandes inovações terão impacto em seus negócios nos próximos 12 meses.


“Esta é uma tendência que deve impactar o mercado não apenas este ano, mas pelos mas pelos próximos três. Por isso, líderes de todos os setores precisam estar atentos para as transformações que estão acontecendo hoje e que estão à nossa porta”, completa Anderson Lucas.


No longo prazo, 90% dos entrevistados consideram que o DeFi impactará seus negócios nos próximos três anos. Embedded Finance (com 88%), Metaverso (com 87%), ESG (87%) e criptomoedas (com 84%) aparecem logo na sequência.


“O processo de inovação e disrupção chegou. É fundamental, para a sobrevivência e manutenção saudável dos negócios, entender como aplicar e fomentar o uso dessas tecnologias para não ficar obsoleto”, finaliza o executivo.

Para a realização do estudo, a FIS contou com a participação de 2.000 executivos seniores de empresas de serviços financeiros, fintechs, comércio e tecnologia de nove países Alemanha, Austrália, Brasil, Canadá, Estados Unidos, Índia, Hong Kong, Reino Unido, Singapura.


Sobre a FIS

A FIS é líder mundial de soluções tecnológicas para o varejo, bancos, instituições financeiras em geral, além de empresas do mercado de capitais. Suas equipes estão dedicadas a promover a forma como o mundo faz pagamentos, serviços financeiros e investimentos, aplicando escala, profunda experiência e insights orientados por dados e inteligência. A companhia auxilia seus clientes a usar a tecnologia de maneira inovadora para resolver desafios críticos dos negócios, bem como, proporcionar experiências superiores para seus clientes. Com sede em Jacksonville, Flórida, a FIS ocupa o 241º lugar no ranking da Fortune 500/2021 e é membro do Índice 500® da Standard & Poor's. Para saber mais acesse: www.fisglobal.com


24 visualizações0 comentário
bottom of page